quinta-feira, 24 de abril de 2014

40 ANOS DO 25 DE ABRIL

24 de abril de 1974 - 22.55h. 

«Faltam cinco minutos para as vinte e três horas. Convosco, Paulo de Carvalho com o Eurofestival 74, E Depois do Adeus ...». - João Paulo Dinis ao microfone dos Emissores Associados de Lisboa.




E foi assim que tudo começou. Há precisamente 40 anos que se acabou com o fascismo e se começou a democracia. O que me permite ter hoje este espaço onde posso dizer o que bem me parece. 

31 comentários:

  1. nota - o relógio das tuas mensagens está baralhado... tem 14h56...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois tem. Já o tentei mudar, mas não sei que se passa. Não percebo nada de computadores... LOL

      contudo, e para que conste, isto foi publicado Às 22.55 (ou talvez 22.56, admito), como era objetivo :D

      Eliminar
    2. :D Nas definições, vais a idioma e formatação. e aí alteras a hora :)

      Eliminar
    3. Shoes, como diz um amigo meu hetero "Se fosses uma gaja até te dava um beijo".
      Obrigado :)
      Já está alterado...

      Eliminar
    4. Eu sou muito macho, tá? Não beijo homens.... Lolololol

      Eliminar
  2. Adoro esta música. A primeiríssima senha.

    Ah, certamente. Há quem pense que não seria possível censura numa sociedade de informação como aquela em que vivemos, com a internet. Claro que seria! Os governos têm dispositivos para bloquear os sites. Os autoritários, claro. Depois, há meios piratas para se aceder, mas tenhamos em atenção o que se passa na Turquia, em que o Youtube foi bloqueado.

    Um cravo na tua lapela. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mark, um cravo na minha lapela? Acabas te de subir na minha consideração:-)
      Queres aderir ao partido? Looooool

      Eliminar
    2. Não, obrigado, pese embora simpatize com o PCP. É um partido simpático. :)

      Muitos dirigentes políticos usam cravo na lapela. Vão desde o PCP, passando pelo PS, olha, até a Assunção Esteves colocou um, hoje. Vê como até o símbolo da revolução está democratizado. LOL

      Eliminar
    3. Não vi a cerimónia solene. Não sei se perdi alguma coisa, mas a Assunção acho que tem sempre cravo. A bixa ressabiada do Portas é que não. Deve ter medo que pensemos que ele é gay... LOLOL

      Eliminar
  3. Quanto à efeméride... eu tenho pouca consciência política. E embora reconheça a importância da data e dos acontecimentos, tem para mim a mesma relevância do fim da 2ª guerra mundial... percebes? É algo que não me exalta mais do que isso... Pergunto-me muitas vezes o que seria a minha vida sem o 25 de Abril... mas é mais um exercício do que uma declaração / constatação política...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Shoes, pensa que a tua vida seria tão diferente quanto o facto de não poderes estar aqui a exprimir uma opinião. E dificilmente se teria avançado o que se avançou em termos de conquistas gays pela igualdade na sociedade,,,

      Eliminar
    2. Sim Horatius, claro que percebo isso... mas para mim é algo tão distante quanto o fim da escravatura... reconheço a sua importância (inegável) mas não me consigo envolver...

      Eliminar
    3. Vai para o Largo do Carmo, já que estás em Lisboa. Aí irás sentir-te envolvido :P
      É uma questão nem sei bem de quê. Também já nasci depois do 25 de abril, e para mim tem uma grande importância. Talvez por ter sempre ouvido o quão mau era isto antes pela boca das pessoas que viveram esses tempos. E não, não estou a falar dos camaradas. Estou a falar dos meus avós e da fome que passavam, e da mítica sardinha para três...

      Eliminar
    4. Pensei nisso Horatius, por acaso pensei em ir até ao Largo do Carmo, mas tenho alguma fobia de multidões em espaços pequenos...
      O meu pai também me fala muito desses tempos, aliás ele fugiu para França para evitar a guerra no Ultramar...

      Eliminar
    5. Eu logo vi que tinhas dupla personalidade xD

      Eliminar
  4. "24 de abril de 1917 - 22.55h. "
    Creio que foi em 1974 :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é... LOL Datas e horas não é contigo Horatius!

      Eliminar
    2. Opá :(
      Eu sou um cabeça no ar. Já está corrigido... LOL

      Eliminar
    3. Nem tem fica bem misturara Nossa Senhora com esta revolução :p

      Eliminar
    4. Ahhhhh! Desculpa, Sad. Ando muito cansado ultimamente, tens de dar o desconto...

      Eliminar
  5. É pena é que estejamos a voltar ao "antes", com tanto infiltrado que anda por ai à espreita de tomar isso de assalto de uma vez.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bem verdade, Namorado!
      Estou a ver que tiraste a tarde para comentar o meu blog. caiu-me tudo lá de uma vez :P

      Eliminar
    2. LOL também Horatius. Não só, mas também LOL

      Eliminar
  6. Não obstante as conquistas democráticas que vieram com o 25 de Abril, nunca tanto como hoje ouço dizer "... e ainda diziam mal do Salazar!"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que essas pessoas não têm bem noção do que fez Salazar...

      Eliminar